Ultimas
A carregar...

2 jatos da American Airlines sofrem colisão com caminhão de combustível


No ultimo dia 25/11 dois jatos da American Eagle (Bombardier CRJ900) sofreram uma colisão com um caminhão de combustível no aeroporto de Dallas-Fort Worth (Texas). As aeronaves estavam realizando procedimentos pré-embarque no momento da colisão. Ninguém ficou gravemente ferido, mas as duas aeronaves estão fora das condições de uso e terão de passar por reparos pela equipe técnica.

As aeronaves chegaram a Dallas-Forth Worth na  manhã de segunda-feira, uma originada de Albuquerque (EUA) e a outra originada de McAllen (Texas). As aeronaves estavam parqueadas lado a lado próximo ao portão 37, Terminal B.

A colisão com o caminhão de combustível ocorreu enquanto as aeronaves realizavam os preparativos para decolarem do aeroporto de Dallas Fort-Worth. Uma aeronave realizaria o voo AA5780 rumo Lubbock (Texas), e a outra o voo AA5740 rumo a Shreveport (Louisiana).

Os danos causados ​​aos aviões obrigaram a American Airlines a cancelar vários de seus voos domésticos. No entanto, os passageiros dos vôos cancelados foram remarcados em vôos alternativos no mesmo dia.

O caminhão pertence a Allied Aviation e parou com a asa do jato (N945LR) dentro de sua cabine. O caminhão sofreu sérios danos e o para-brisa da cabine foi completamente destruído, antes colidiu com parte da asa e no winglet de outra aeronave, o CRJ900 N915FJ. Embora a colisão tenha sido forte, ninguém se feriu gravemente.

Um porta-voz da American Airlines confirmou que ninguém ficou gravemente ferido:
“Na segunda-feira de manhã, no Aeroporto Internacional de Dallas / Fort Worth (DFW), o caminhão de combustível de um fornecedor impactou duas aeronaves Bombardier CRJ-900 estacionadas. Nenhum passageiro ou tripulante ficou gravemente ferido. A American está analisando o incidente em coordenação com o fornecedor. ”

Ainda não está claro o que causou a colisão do caminhão nos dois jatos, mesmo isso sendo  pouco incomum, não é a primeira que os aviões são danificados por outros veículos em solo.

Enviar um comentário

0 Comentários