Ultimas
A carregar...

Avião cai em resort na península de Maraú.


Na tarde de hoje 14 de novembro uma aeronave de pequeno porte do modelo Cessna C550 caiu na pista do Kiaroa Eco-Luxury Resort, na península de Maraú, na Bahia, Brasil. 

De acordo com o empresário Tiago Resende, que testemunhou o acidente, um forte estouro foi ouvido antes da aeronave cair. 

“Ouvi o estouro e um barulho de uma coisa arrastando. Depois, quando virei, só vi uma fumaça bem escura e muito fogo, tinha uma pessoa correndo, na pista, meio queimada. Não sei dizer se ela estava na aeronave", afirmou Tiago em contato com a imprensa local. Ainda de acordo com ele, funcionários do resort prestavam os primeiros atendimentos de emergência na pista.
Um grupamento do Corpo de Bombeiros foi acionado logo após o acidente. Ainda não se sabe o que causou o acidente nem quantas pessoas estavam no local.

A aeronave Cessna C550 (prefixo PT-LTJ), fabricada em 1981, pertencia a José João Abdalla Filho (mais conhecido como Juca Abdalla, dono do Banco Clássico), estava em dia com o CA e o I.A.M., tinha autorização para voo privado, porém estava com sua autorização para operação de táxi aéreo negada.
Segundo a assessoria da prefeitura de Maraú, todos saíram antes do fogo tomar conta do avião e parte das vítimas está com ferimentos graves. Elas estão no posto de saúde de Barra Grande e aguardam um helicóptero para remoção até um hospital, todos os tripulantes que estavam na aeronave no momento do acidente sobreviveram. Segundo a nota.

Atualização: 15 de novembro.

A jornalista Marcela Brandão Elias que estava a bordo da aeronave veio a óbito, entre os sobreviventes estão o irmão do deputado federal Guilherme Mussi (Eduardo Mussi) e o ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha,  outros cinco ocupantes da aeronave seguem internados em estado grave no HGE (Hospital Geral do Estado) com extensas lesões. 

Enviar um comentário

0 Comentários