Resgate da Alitalia em Risco


A esperança da Alitalia de um grande resgate foi posta em dúvida hoje, já que a empresa de transporte Atlantia supostamente desistiu da licitação. A empresa, acionista do aeroporto de Roma, diz que as condições não foram cumpridas e, portanto, não participará mais.

A empresa italiana, quase toda proprietária da Aeroporti di Roma, já havia manifestado interesse em enfrentar a Alitalia, dizendo que queria discutir um plano de negócios de longo prazo para a transportadora. Parte disso envolveria a criação de uma nova empresa, chamada Newco, e a presença de uma grande companhia aérea para fornecer experiência operacional, comercial e de rede.


No entanto, a Atlantia apresentou muitos obstáculos que o consórcio teria de avançar para garantir seus negócios. A empresa solicitou que houvesse um parceiro no consórcio que estivesse disposto a participar substancialmente da Newco. Também haveria um plano de negócios, com o qual esse investidor precisaria se comprometer, e um acordo sobre a governança da nova empresa.


Apesar de todos os esforços, Atlantia revelou em uma atualização ontem que eles não foram suficientes.



"No momento, as condições que precisam ser atendidas para que a Atlantia possa participar de um consórcio ainda não existem".

De fato, a empresa disse que houve uma "falta de progresso significativo" e que, portanto, não se juntaria, nesta fase, ao consórcio liderado pela Ferrovie dello Stato para resgatar a transportadora. No entanto, afirmou que continuava disponível para se engajar em negociações para encontrar um parceiro industrial adequado para a Alitalia.

Publicar um comentário

0 Comentários