Ultimas
A carregar...

Boeing 737 fora das pistas?


Um Boeing 737 da Pegasus Airlines varou a pista na manha de hoje (07/01) em Istambul. A aeronave foi evacuada através das escorre gadeiras. Segundo a companhia aérea, não houve feridos durante o incidente.

A aeronave era um Boeing 737-800 (TC-CCK) e realizava o voo PC747 (Sharjah - Istambul), pousando as 09:09 a aeronave deslizou para a esquerda e varou a pista parando na grama ao lado, devido ao solo macio a aeronave ficou atolada, o motor esquerdo da aeronave sofreu danos ao ficar apoiado no solo, e o nariz ficou afundado na grama.

A tripulação optou por acionar as escorre gadeiras para evacuação de emergência e ninguém ficou ferido.



Curiosamente menos de 24 horas antes deste incidente, outro Boeing 737-800 sofreu o mesmo problema, desta vez uma aeronave da WestJet. Neste incidente não foram relatados feridos, a aeronave aparentemente ficou intacta, porem bloqueou uma pista no aeroporto de Halifax. 



A aeronave realizava o voo vôo WS248 (Toronto Pearson - Halifax), e fez uma aproximação normal ao Aeroporto Internacional Halifax Stanfield e conseguiu pousar na primeira tentativa. Por volta das 12 horas, hora local, tocou as rodas na pista e não parou, a aeronave simplesmente aquaplanou e não conseguiu tração na pista e deslizou para fora da mesma.

A equipe de bombeiros de Halifax foi acionada rapidamente para retirar os passageiros do local por conta das fortes neves no momento do incidente, os passageiros usaram escadas comuns e ônibus pequenos para deixar o local, as equipes de terra e de manutença checaram a aeronave para averiguar possíveis danos.



A companhia (WestJet) usou seu twitter para informar a todos os que aguardavam os passageiros no terminal sobre os atrasos.

Segundo a WestJet, a aeronave transportava sete tripulantes e 172 passageiros, todos saíram sem uma única lesão, o incidente causou  alguns cancelamentos, mas, a julgar a pista escorregadia, talvez fosse o melhor, desde que esse evento ocorreu, a aeronave foi liberada pelas autoridades, aguardando investigação.

Enviar um comentário

0 Comentários