Ultimas
A carregar...

ATENTADO A HISTÓRIA. DC-3 da VARIG é destruído no Rio de Janeiro


Janeiro de 2020 encerrou de forma trágica para os amantes da aviação, nesta sexta feira (31/01) a aeronave Douglas DC-3 (PP-VBF) da extinta VARIG, foi brutalmente canibalizada no Rio de Janeiro.

A aeronave estava exposta próximo ao Hangar da TAP ME as margens da cabeceira 28 do aeroporto internacional do Rio (Galeão).

Fabricada em 1942, essa aeronave foi enviada para a USAAF (Força Aérea do Exercito dos Estados Unidos). Depois da década de 50 a aeronave foi enviada para o Brasil onde incorporou a frota da VARIG onde voou até 18 de agosto de 1971 findando sua carreira de sucesso com um voo na ponte aérea Rio - São Paulo, realizando serviço de transporte de passageiros e cargas.


Essa aeronave após a aposentadoria recebeu uma restauração completa pela equipe da extinta VARIG que o colocou em exposição no Aterro do Flamengo (Zona Sul do Rio de Janeiro), posteriormente essa mesma aeronave foi levada para o local onde ficou exposta até dia 31 de Janeiro de 2020, onde foi brutalmente canibalizada a mando da Rio Galeão, empresa que administra o Terminal Internacional do Rio nos dias de hoje, segundo informações obtidas por pessoas que trabalham na região do Aeroporto, esta destruição que pode ser considerada um crime contra a cultura e a historia, se deu por conta de um aluguel do espaço onde a aeronave se encontrava.


até o momento desta publicação não conseguimos contato com a assessoria de imprensa da Rio Galeão para falar sobre o ocorrido, mas deixamos nossas portas abertas para a mesma, divulgaremos toda e qualquer nota da Rio Galeão se assim recebidas. 

Enviar um comentário

0 Comentários