Boeing e companhias aéreas valorizam na bolsa de Nova Iorque


A construtora aérea norte-americana disparou 12% depois de a Federal Aviation Administration, o regulador do setor nos Estados Unidos, ter dado início ao processo de certificação para os modelos 737 Max poderem voltar voar.

Para tal, está preparado um teste de três dias no qual se fará a análise ao software da aeronave, que terá sido a razão da queda de dois aviões que resultaram na morte de 346 pessoas.

A subida das ações da Boeing impulsionaram o sentimento do mercado em relação às companhias áreas. A American Airlines disparou 7,59%, a United Airlines valorizou 7,24% e a Delta Airlines subiu 6,32%.

Destaque ainda para a subida de 9,64% da Southwest Airlines depois de o Goldman Sachs ter alterado a recomendação das ações de “vender” para “comprar” e aumentou o preço-alvo de 35 dólares para 47 dólares.



Publicar um comentário

0 Comentários